Tratamentos para fungos nas unhas: Causas e Prevenção

Uma infeção fúngica na unha acontece quando há um crescimento exponencial de fungos por baixo ou na própria unha.[1] Embora não seja considerada uma infeção séria, pode ser bastante desagradável e pode fazer com que a unha fique descolorada, endurecida e deformada.[2]

Neste artigo, Scholl apresenta o lado mais científico dos diferentes tipos de fungos das unhas, o que os causa, como preveni-los e quais os tratamentos disponíveis, caso necessite.

O seu nome científico é Onicomicose Subungueal Distal (OSD) e é o tipo mais comum de infeção fúngica na unha. A OSD infeta a pele por baixo do final da unha (leito ungueal) ou na própria unha, e essa infeção é causada pelo fungo que é normalmente responsável pelo pé de atleta. A unha pode acabar por desagregar-se e separar-se da pele. Esta fica normalmente com uma cor amarela ou castanha. Esta infeção pode causar um grande desconforto, principalmente durante o uso de qualquer tipo de calçado.[3]

Outro tipo de infeção fúngica na unha é a Onicomicose Branca Superficial (OBS). A OBS pode ser vista na camada superior da unha, formando inicialmente pequenos pontos brancos na superfície. Ao fim de algum tempo, a superfície da unha acaba por ficar coberta com um pó frágil e furfuráceo. No entanto, a unha não irá endurecer nem irá separar-se da pele.[4]

Os fungos que causam infeções nas unhas são altamente contagiosos e crescem e espalham-se em ambientes quentes e húmidos, como piscinas públicas, duches comuns ou ginásios.[5] Se tem pé de atleta, este pode espalhar-se para a unha do pé e criar-lhe até uma infeção fúngica. Para além disso, se tiver uma unha do pé danificada, há um maior risco de criar uma infeção.[6]


Prevenir fungos nas unhas

Embora seja impossível eliminar todos os riscos de desenvolver uma infeção fúngica na unha, há alguns cuidados que pode ter para reduzir esses riscos. Se tem pé de atleta, deve tratá-lo o quanto antes para evitar que a infeção se propague até às unhas.[7] Sapatos confortáveis permitem que o seu pé “respire” e evitam que este esteja num ambiente húmido e quente, condições ideais para um fungo se desenvolver.

Alguns outros cuidados incluem não partilhar toalhas e meias com outras pessoas, assegurar que as toalhas são lavadas com regularidade, não andar descalço em piscinas públicas, duches e balneários e substituir calçado antigo que possa estar contaminado com fungos.[8] É também recomendável que desinfete o seu calçado com regularidade com um spray próprio.[9]

Se acabar por criar fungos nas suas unhas, existem alguns tratamentos disponíveis. Uma das opções é o Tratamento Antifúngico para unhas  de Scholl. Foi especialmente desenvolvido para tratar os fungos das unhas através de dois sistemas: uma lima e um verniz antifúngico. Elimina 99,9% dos fungos das unhas, é fácil de aplicar e ajuda a prevenir a propagação da infeção.[10]

 

 

[1] http://www.healthline.com/health/fungal-nail-infection#Overview1

[2] http://www.nhs.uk/Conditions/Fungal-nail-infection/Pages/Introduction.aspx#symptoms

[3] http://www.webmd.com/skin-problems-and-treatments/tc/types-of-fungal-nail-infection-topic-overview

[4] http://www.webmd.com/skin-problems-and-treatments/tc/types-of-fungal-nail-infection-topic-overview

[5] http://www.scholl.pt/saude-dos-pes/problemas-e-solucoes/fungos-nas-unhas/

[6] http://www.scholl.pt/cuidado-do-pe/unhas-perfeitas/tratamento-para-unhas-antifungico/

[7] http://www.nhs.uk/Conditions/Fungal-nail-infection/Pages/Introduction.aspx#causes

[8] http://www.nhs.uk/Conditions/Fungal-nail-infection/Pages/Introduction.aspx#causes

[9] http://www.amope.com/all-about-feet/footcare-pedicure/fungal-nail-infections-what-you-need-to-know/

[10] http://www.scholl.pt/cuidado-do-pe/unhas-perfeitas/tratamento-para-unhas-antifungico/