10 Dicas para evitar a Dor no Calcanhar ao Caminhar

Não precisa de ser um atleta em ascensão para sofrer de dor no calcanhar. De facto, muitas pessoas aceitam a dor no calcanhar como algo que faz parte do seu dia a dia ao caminhar. Esteja, ou não, consciente disso, uma dor calcânea diária pode acabar por ser um pesado fardo para os seus pés, conjugando-se com a fadiga no final do dia de trabalho, e até pode originar problemas prolongados nos pés, caso não seja diagnosticada e tratada a tempo. Leia aqui as nossas dez melhores dicas para ajudar no tratamento da dor recorrente no calcanhar, ao caminhar.

1.      Sapatos certos e com o ajuste correto

Sapatos adequados para caminhar dão um bom suporte aos seus arcos plantares e amortecem o impacto, entre o chão e os seus pés. Se estiver a caminhar com sandálias rasas, a probabilidade de aumentar a dor no calcanhar é mais elevada.[1] É também importante certificar-se de que está a usar sapatos que lhe servem na perfeição. Caminhar um pouco na loja antes de investir num novo par de sapatos, certificando-se também que existe espaço suficiente para que o dedo grande do pé se possa movimentar enquanto caminha, é uma boa prática.[2]

 

2.      Palmilhas Diárias

As palmilhas podem ser uma maneira discreta e eficaz de conferir um conforto extra enquanto caminha, sem ter a necessidade de fazer mudanças radicais no seu guarda-roupa. Estas são inseridas na parte interior dos sapatos e atuam como amortecedores para a base dos seus pés, fornecendo uma espécie de almofada entre si e a sola do seu sapato. A gama de Palmilhas GelActiv de Scholl tem características específicas para todas as caminhadas da vida, quer ande muito no seu local de trabalho, quer simplesmente pretenda algum amortecimento enquanto corre ou desempenha as tarefas diárias. Assim, as novas Palmilhas Scholl GelActiv para Senhora são especialmente desenhadas para suportar a pressão extra de usar saltos altos e outros sapatos femininos, para que possa arrasar na passarela durante mais tempo.

 

3.      Alterne o seu Calçado

O uso diário dos mesmos sapatos terá um impacto negativo nos seus pés porque reduz o apoio que, efetivamente, o seu calçado lhe dá. Será uma boa ideia alternar entre os variados estilos para que os seus sapatos possam apoiá-la de uma maneira eficaz e durante mais tempo. Assim, os seus pés ficarão sujeitos a uma menor tensão, quando optar por usar estilos de calçado mais planos, no seu dia a dia.

 

4.      Pés descalços em Pavimentos Duros

É fantástico mostrar os seus pés bonitos e bem tratados nos meses de verão, e é certamente tentador andar descalça na praia, na piscina ou até mesmo na relva. Contudo caminhar descalça, especialmente em pavimentos duros, pode retirar o imprescindível e necessário apoio aos seus pés.[3] Para adicionar, de forma discreta, um pequeno apoio extra às suas sandálias de verão experimente as novas Palmilhas Scholl GelActiv para Senhora, que lhe dão maior conforto mesmo quando usar sandálias de salto alto. Apesar de nem toda a gente usar sapatos dentro de casa, esta pode ser uma excelente ideia para manter os seus pés apoiados quando caminha em casa, especialmente se o chão for de mosaico duro. Se preferir não usar calçado em casa, considere a possibilidade de investir num par de chinelos com enchimento inferior, para manter os seus pés apoiados enquanto caminha de divisão em divisão.

 

5.      Hora do Aquecimento

Apesar de uma caminhada até uma loja ou centro comercial não parecer uma tarefa que envolva grande esforço, fazer um aquecimento muscular antes de realizar a sua caminhada diária pode ser um excelente hábito que deve adquirir, especialmente quando se trata da prevenção da dor no calcanhar. Fazer alongamentos pode ser tão simples como rodopiar uma bola debaixo dos seus pés, durante dois minutos. Para mais ideias sobre como fazer o seu aquecimento antes de efetuar a sua caminhada, leia as nossas dicas para ginástica dos pés.

 

6.      Reduza a sua carga

Todos deixamos transparecer aquele orgulho sentido quando decidimos trocar o autocarro pela caminhada para o trabalho. Mas se transportar equipamento pesado ou até mesmo livros, terá uma pressão acrescida sobre os pés. Quanto mais peso carregar na mala ou pasta, mais stress sentirá na parte inferior do corpo. Considere diminuir a carga, começando talvez por deixar alguns extras desnecessários no trabalho, durante a noite.

 

7.      Descanse entre as caminhadas

Se já estiver a sentir dores no calcanhar é importante dar ao seu corpo o tempo que ele necessita para descansar. Se caminha no seu trajeto diário, tente como alternativa apanhar o autocarro ou outro meio de transporte, até que a dor melhore. Apesar de não ser necessário tirar um dia de folga do trabalho, explique aos seus colegas que necessita de reduzir as horas que passa em pé. Depois do trabalho, o ideal é aproveitar para relaxar e colocar seus pés numa posição elevada (a elevação das pernas pode ser especialmente eficiente).

 

8.      Escolha uma nova rota

Nos dias que correm é incrível como a tecnologia nos pode ajudar a chegar mais depressa aos destinos. Se sofre de dor no calcanhar, considere reduzir o seu tempo de caminhada ao explorar novas rotas. Existem aplicações mobile excelentes que ajudam a encontrar o caminho a pé mais curto, a cronometrar a sua viagem e até a encontrar sítios idílicos que deve conhecer. Pode vir a descobrir locais históricos da sua cidade, que nunca pensou que pudessem existir.

 

9.      Analise as superfícies

Quer esteja a passear o seu cão ou a caminhar no centro comercial é difícil, por vezes, evitar superfícies cimentadas. Contudo, estas superfícies duras podem ter um custo elevado para os seus pés ao longo do tempo.[4] Considere escolher um percurso com relva abundante, que tem um impacto muito mais leve nos seus pés. Se percorre longas distâncias para se manter em forma, considere caminhar na praia ou na floresta.

 

10.     Mantenha um peso saudável

Se o peso que carregamos pode aumentar a pressão sentida nos nossos pés, o mesmo acontece com o peso do nosso corpo.[5] Manter um peso corporal saudável é um conselho comum, dado por médicos e especialistas, que ajuda a reduzir não só o risco de dor no calcanhar, mas também a conseguir uma boa condição física e a aumentar a recuperação, no caso de ocorrerem outras lesões.

Caminhar é uma boa maneira de manter a forma, para conhecer e absorver o mundo que está à nossa volta. Se sentir sintomas ou sinais que sejam indícios de dor no calcanhar, considere seguir algumas das dicas referidas para evitar que esses se agravem. Se a dor se tornar mais severa e preocupante, deve consultar sempre o seu médico. Passo a passo, recuperará rapidamente da sua dor no calcanhar.